Conheça 6 exemplos de projetos sociais que transformam vidas

Modificar a sociedade não precisa de grandes passos. Na realidade, existem vários exemplos de projetos sociais que estão modificando a vida de muitas pessoas neste exato minuto que precisam de doação (tempo, grana ou conhecimento) com intenção de essas ações continuem existindo.

Se você está cansado de tantas injustiças sociais ou somente quer iniciar a praticar, saiba que existem varias jeitos de auxiliar fazer com que os bons projetos sociais continuem transformando muitas realidades.

Siga a obra veja os exemplos de projetos sociais que separamos!

1 – Prevenção ao trabalho infantil

Mesmo com o progresso das leis que resguardam a privacidade dos menores de não trabalharem, ainda existem varios guris que deixam o local de ensino para contribuírem com o sustento das suas famílias.

Para se ter uma teoria, conforme os dados da Rede Peteca de combate ao trabalho infantil, o Brasil tem mas de 2,6 milhões de infantes adolescentes (entre 5 17 anos) trabalhando. Em todo o planeta são 152 milhões de guris nessa situação.

Desse modo, contribuir com projetos sociais que ajudam a reduzir o trabalho infantil é tão essencial, dando a esses guris jovens a possibilidade de estudarem de desfrutarem de um horizonte mas digno com mas possibilidades.

Um desses exemplos, é o projeto Melhor de Mim, uma parceria entre o ChildFund Brasil a Instalação Telefônica Animado. Para conseguir reduzir o número de infantes adolescentes que trabalham, são usadas ações de percepção dos públicos de forma direta envolvidos por meio das tecnologias sociais.

2 – Agua pura saúde para inúmeras famílias

Desgraçadamente, ainda existem varias pessoas no país que não têm entrada a uma rede de distribuição de agua limpa potável, nem a saneamento fundamental. Essas duas situações juntas podem fomentar várias complicações de saúde, dificuldades de desenvolvimento nos mas jovens, entre muitas outras questões essenciais.

Conforme os dados da ONG Trata Brasil, mas de 35 milhões de brasileiros não têm chegado ao serviço essencial de provimento de agua tratada. Aliás, mas de 100 milhões de brasileiros não têm chegada à coleta de esgoto.

O projeto social que está ajudando a modificar essa verdade é o “Agua Pura para guris”, desenvolvido em parceria entre o ChildFund Brasil a P&G, no Vale do Jequitinhonha.

Nessa localidade, a P&G distribuiu sachês que auxiliam na purgação de agua para as infantes as suas famílias, sendo que qualquer um desses sachês de unicamente 4g são capazes de purificarem até 10 litros de agua.

3 – Tranquilidade para os jovens

Você sabia que, como os dados da Organização Internacional de Saúde (OMS), a violência interpessoal é uma das primordiais razões pelas quais jovens entre 10 19 anos morrem de forma extemporâneo no Brasil?

O concepção para o termo “violência interpessoal” empregado pela OMS é muito abrangente está relacionado a agressão de gangues, ao narcotráfico, a morte de mulheres, as brigas, ao bullying a violência entre colaboradores.

Justamente para evitar essas mortes prematuras é que concordar programas sociais que trabalhem com esses jovens em situação de risco social é tão essencial. O ChildFund Brasil compreende a premência de modificar essa veras desenvolve programas de ensino, esporte desenvolvimento pessoal.

Esses programas visam o desenvolvimento pessoal através de 5 pilares: artes marciais boxes, instrução, aproximação ao trabalho, suporte social liderança juvenil; mostrando a esses jovens outras capacidade de desenvolvimento a retirada dessas pessoas dessa situação de insegurança.

4 – Jovens atuantes

Para conseguirem modificar suas realidades é bastante essencial que os jovens entendam a situação quando residem, consigam averiguar a sua sociedade, sentir-se a parte desse coletivo , desta forma, poderem pensar sobre formas de empoderamento.

Uma forma de proporcionar essa alteração de atitude é por meio das fotografias. O projeto “Olhares em Foco” possui acudido incontáveis jovens a refletirem sobre os desvantagens da suas comunidades, desenvolvendo nesses adolescentes uma cultura mas participativa autônoma que favoreça o muito estar coletivo.

Para isso, as fotografias se transformam em um instrumento fundamental para o polêmica sobre identidade, direitos cidadania, proporcionando possibilidades para compartilhar conhecimentos, sustentar relacionamentos ainda promover a participação desses jovens nas esferas públicas.

5 – Sustentabilidade do lar competências familiares

A família é uma das primordiais bases com intenção de consigamos nos desenvolver como pessoas saudáveis (física psiquicamente), produzindo laços de paixão de afeto ainda aprendendo valores essenciais para nossas vidas.

Porém, de modo infeliz, essa não é a verdade de inúmeras pequenos jovens em todo o país, que convivem em lares desestruturados desestabilizados. Propiciar, por ex, ao uso de drogas, a participação em gangues no narcotráfico, ao descuramento escolar a diversos outros obstáculos.

Nesse sentido, programas que visem à sustentabilidade do lar também o desenvolvimento de competências familiares são tão essenciais. Esses projetos, como os desenvolvidos pelo ChildFund Brasil, buscam certificar as infantes suas familias aproximação a patrimônio para toda a vida sustentáveis, garantindo condições dignas de sobrevivência de desenvolvimento.

6 – Integração com as escolas

A ensino é uma das bases mas essenciais falamos em converter a vida de infantes adolescentes jovens, desenvolvendo condições com finalidade de eles consigam vislumbrar um horizonte melhor com bastante mas possibilidades.

Porém, existem incontáveis motivos que contribuem para o desabrigo escolar, como o trabalho infantil, a falta de comprometimento entre a família, a local de ensino o jovem a falta de entendimento da relevância sobre a instrução.

Então, estribar projetos que visem integrar famílias, jovens escolas é uma forma de facilitar com que mas pequenos jovens em situação de insegurança consigam usufruir de um porvir mas digno com mas possibilidades.

Desta forma, esses projetos têm como objetivo converter a local de ensino em um espaço de integração com a comunidade, que passa a vê-la como um agente de transformação um patrimônio de todos e cada um dos envolvidos, como infantes, adolescentes, pais, mães outros atores da comunidade escolar.

Como contribuir com esses projetos sociais?

Após ver esses exemplos de projetos sociais que transformam vidas, você está se perguntando sobre como conseguir facilitar essas pessoas? Existem varias formas de conseguir isso.

O primeiro passo é procurar descobrir mas sobre quem é a organização social que está por trás do projeto, como a sua experiência, os prêmios, empresas que apóiam suas causas outras informações que corroborem sua idoneidade.

Desde logo, você poderá optar entre formas de doação como:

Como você deve notar, com pequenos gestos já é provável concordar projetos sociais capazes de transformarem a verdade de inúmeras pessoas, contribuindo para uma sociedade mas pugna para a humanidade.

O ChildFund Brasil é uma organização de desenvolvimento social que mediante uma sólida experiência na preparação no monitoramento de programas projetos sociais mobiliza pessoas para a transformação de vidas. Infantes, adolescentes, jovens, famílias comunidades em situação de risco social são apoiadas com finalidade de possam praticar com perfeição o recta à cidadania.

Projeto Aboriginal Pipeline Group do Canada

12 passos básicos para se tornar um contador de sucesso

 

 

Projeto Aboriginal Pipeline Group do Canada

O Aboriginal Pipeline Group é um negócio criado e de propriedade de grupos aborígines nos Territórios do Noroeste, e garantiu o direito de possuir um terço do pipline de gás natural do vale Mackenzie.

É a primeira vez que grupos aborígines do Canadá participam como proprietários de um grande projeto de bilhões de dólares.

Ao fazer parte do Projeto MacKenzie Gas, a APG está fazendo história.
Os preços justificarão o gás NWT até 2020: National Energy Board

Os preços do gás natural no Canadá devem se fortalecer o suficiente para justificar a colocação no mercado do Delta do Mackenzie nos Territórios do Noroeste até 2020, de acordo com um estudo publicado na terça-feira pelo National Energy Board.

Mas se os preços não convencerem os produtores a colocar o gás do Ártico em operação, o Canadá se tornará um importador líquido de gás até 2028, de acordo com um relatório de 64 páginas publicado terça-feira chamado Futuro de energia do Canadá: projeções de demanda e oferta de energia para 2035.

Desde o último relatório de oferta e demanda do NEB em 2007 e atualização em 2009 (ambas previstas até 2020), a produção de gás de xisto dos EUA e do Canadá mudou drasticamente o mercado, disse Abha Bargava, gerente de projeto. “Houve um tremendo aumento na produção de gás de xisto, essa é a nova história na América do Norte”, disse ela. “O que você vê neste relatório é que a produção de gás de xisto é muito maior do que tínhamos previsto antes”.

O relatório observa que a produção de gás no Canadá caiu 15% de 2008 a 2010 devido a quedas naturais, uma vez que os baixos preços do excesso de gás desencorajaram a exploração convencional de gás seco.

Ele diz que a tendência continuará até 2015, diminuindo a produção canadense de 13,5 bilhões de pés cúbicos por dia em 2011 para 13,1 bcf / d, e a produção começará a crescer novamente em 2016, com a extração de gás de xisto apertado e elevando a produção acima dos níveis recordes para 18 bcf / d até 2035, com cerca de um bcf / d do norte.

O projeto de oleoduto Mackenzie Valley, no valor de US $ 16,2 bilhões, foi condicionalmente aprovado pelo governo no ano passado, mas permanece no limbo, pois os apoiadores querem a ajuda de Ottawa para fazer flutuar o projeto para trazer gás do Círculo Polar Ártico para Alberta.
No verão passado, um dos parceiros, a Shell Canada, anunciou que queria vender sua participação.

Pius Rolheiser, porta-voz da parceira Imperial Oil, disse que a última linha do tempo apresentada ao regulador há mais de um ano mostra que o gás está sendo movido o mais cedo possível até 2018, mas isso pode não ser mais realista.
“Isso obviamente depende de um acordo com o governo federal sobre uma estrutura fiscal, que poderia desencadear uma decisão de restabelecer a equipe do projeto para retomar o trabalho de engenharia, para retomar o trabalho de permissão – são necessárias mais de 6.000 permissões adicionais”, afirmou ele. .

Em seu caso de referência, o NEB assume um preço intermediário do petróleo para 2035 no oeste do Texas de US $ 115 dólares por barril, um preço de 2035 para o gás natural de US $ 8 dólares por milhão de unidades térmicas britânicas e um crescimento anual de 2,3% do produto interno bruto.

Pesquisadores dizem que o gás Mackenzie deve começar a fluir em 2020 no caso de referência, quando o gás estiver acima de US $ 5,50 EUA por mmBTU e em cenários que pressupõem altos preços e crescimento econômico, mas não será aproveitado até 2030 no cenário de crescimento lento e não no caso de baixo preço.
Até 2035, a produção de petróleo no Canadá deverá dobrar dos níveis de 2010 para seis milhões de barris por dia, à medida que o investimento crescente triplicar a produção de betume do norte de Alberta, diz o relatório.
“Em 2035, as areias oleaginosas representam quase 85% da produção, em comparação com 54% em 2010”, observa.
Nathan Lemphers, analista sênior de políticas do Instituto Pembina ambiental, disse que a previsão é muito otimista para o setor, especialmente devido aos atrasos inspirados pela oposição no oleoduto Keystone XL para levar as areias do petróleo para o Texas.

Greg Stringham, vice-presidente da Associação Canadense de Produtores de Petróleo, disse que a previsão de petróleo coincide e amplia as previsões mais recentes do CAPP até 2025, mas o crescimento acordado pode ter problemas de transporte.
Bargava, no entanto, explicou que o relatório não trata de transporte; pelo contrário, pressupõe que a energia que pode ser produzida economicamente será entregue.

O relatório da NEB diz que o Canadá usará mais energia verde e o uso geral de energia crescerá em um ritmo mais lento nos próximos 25 anos, mas os canadenses continuarão a usar e produzir energia predominantemente a partir de combustíveis fósseis.

A parcela de biocombustíveis no transporte triplicará no período projetado, de 1,1% para 3,3% em 2035, enquanto a parcela de geração de eletricidade baseada em fontes renováveis ​​aumenta de 62% para 67%.
O crescimento total da demanda de energia no uso final diminuirá para 1,3% ao ano durante o período de projeção, abaixo de 1,4% entre 1990 e 2008, devido à desaceleração do crescimento populacional, preços mais altos de energia, menor crescimento econômico e melhores programas de eficiência e conservação, disse.

veja:

Como montando uma fábrica de móveis com pouco recurso?

Como Montar uma empresa de serigrafia de sucesso?